Vivemos à margem, nas margens...

Vivemos à margem, nas margens...

Este é o pedaço de território onde queremos partilhar as nossas aventuras ao longo do comprido rio que temos vindo a seguir. Dois olhares diferentes, duas vistas distintas, mas sempre guiadas pelo mesmo farol...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

A Dangerous Method

Fomos ver...

Keira Knightley brilhante como sempre. Viggo Mortensen camaleónico (gosto dele neste registo) e Michael Fassbender surpreendente depois de X-Men.


Para quem gosta de Freud, não espere aprender nada de novo, mas antes ver aplicada a teoria. Para quem não conhece: é uma boa oportunidade para o fazer, mas corre o risco de ficar com uma ideia demasiado insane e promíscua da teoria da psicanálise (ou psicoanálise ;) ) - A Fase Anal do Desenvolvimento Psicossexual, por exemplo, é explicada de forma tão súbita e descontextualizada, que quem não está familiarizado pode 1- Não perceber 2- Ficar com uma ideia absurda.

Mas dá que pensar sobre a natureza humana e sobre quais são, afinal, as "únicas" variáveis da vida. É um filme que nos deixa reflectir sobre "instinto" e "repressão"; "amor" e "sexo"; "intelecto" e "loucura", "sobrevivência", ... e não nos faz questionar os nossos ideais, mas antes reafirmar para nós, o que é a nossa crença. A mim, voltou a ensinar-me uma coisa: não há teoria absoluta. Por mais lógico que tudo nos pareça, nada é inquestionável. Nada é irrefutável. Nada fica preso na barreira do verdadeiro ou falso. Logo, tudo é livre.

2 comentários:

disse...

Meninas, boa noite! Estamos a jogar ao Party & Co e lembrei-me de vos perguntar qual e como se joga à vossa versão rápida do jogo :)

Beijinhos

A.G. disse...

Olá, Sô. Desculpa só responder agora :) As regras são estranhamente simples e parvas, mas a coisa resulta xD basta fazer tudo em "fast-forward", as perguntas, o lançar do dado, o responder, tudo...Tudo sobre pressão como se da rapidez com que fazem as coisas dependesse a vossa vida...Tudo como se fosse um campo de guerra. Basicamente é isto. Ahaha as regras são as mesmas, mas resulta. E têm de se pressionar uns aos outros para serem rápidos. =p Experimentem. Dá cabo da cabeça, mas fica com um ritmo alucinante.